• março 26th, 2014
  • Publicado por Redação Concurseiro10

Concurso Caixa: Número de inscritos por polo e dicas para a hora da prova.

CAIXA

Saiu o quantitativo de inscritos nos concursos da Caixa Econômica Federal (confira os anexos no final da matéria). Os cartões de confirmação de inscrição, com os locais de prova de domingo, 30, estão disponíveis no site do organizador, Cespe/UnB. As seleções para os níveis médio e superior receberam mais de um milhão de inscritos. No total, há 1.176.607 candidatos, sendo 1.156.737 para técnico bancário (de nível médio) e 19.870 para médico do trabalho e engenheiro (de nível superior), de acordo com a Assessoria de Imprensa do banco.  Os estados que receberam mais inscrições para técnico, foram: São Paulo, com 208.486; Minas Gerais, com 116.206; Bahia, com 90.322; e Rio de Janeiro, com 85.207. O concurso é para formação de cadastro de reserva, mas há um limite de aprovados que farão parte desse banco: 30.025, sendo 2.055 no Rio. Sendo assim, no estado fluminense, a relação é de 41,46 candidato/vaga em cadastro.

A avaliação dos participantes será feita neste domingo, dia 30 de março. Para o nível médio, o exame será das 15h às 19h30, enquanto que para o superior, das 8h às 13h. Todas as provas serão realizadas no horário oficial de Brasília. Então, quem for de estados que não acompanhem o da capital brasileira deve estar atento a seus horários locais. É aconselhável que o candidato chegue ao local de prova com, pelo menos, uma hora de antecedência (às 14h para técnico e às 7h para médico e engenheiro), com o comprovante de inscrição. O coordenador acadêmico do Cespe/UnB, Marcus Vinícius Soares, aconselha que o concorrente saiba o local onde fará o exame e como chegar até lá. “É interessante que o candidato conheça bem onde vai ficar, para não se perder. No domingo, o transporte público fica pior, então é necessário ver os horários dos ônibus e o tempo que ele vai gastar.”

Além disso, ele também ressalta quais itens são essenciais de serem levados. “É imprescindível levar o documento de identidade original com foto. Sem ele, o candidato não faz a prova. É preciso prestar atenção nos documentos listados no edital, porque há alguns documentos que não são permitidos, como certidão de nascimento e CPF. Também é importante a caneta esferográfica de tinta preta”, orientou. Na ocasião, será proibido o uso de qualquer material de consulta (livros, anotações e cadernos), assim como óculos escuros, qualquer item de chapelaria – como bonés, gorros e chapéus -, garrafas que não tenham material transparente e aparelhos eletrônicos, como calculadora, controle de alarme de carro e celular, entre outros.

O coordenador acadêmico destaca que o ideal é que os objetos não permitidos, como celular e qualquer tipo de relógio, sejam guardados. “O ideal é não levar o celular. Os aparelhos  devem ficar lacrados e embaixo da carteira, mas não levar evita qualquer problema. Não é permitido qualquer tipo de relógio. Ele deverá ser guardado. Mas existe um marcador de tempo que vai orientando quanto tempo resta de prova. O candidato deve administrar o tempo da forma como ele acha mais conveniente.” Marcus Vinícius sugere que o participante esteja confortável, para que não tenha nenhum estresse durante as provas. “Use trajes adequados. Há cidades onde há uma variação de clima muito grande, então tenha uma preocupação em relação a isso, leve um casaco. Também é bom levar água, chocolate, barra de cereal, tudo para atenuar o estresse da prova. Tenha calma, descanse e esteja com a cabeça arejada. Qualquer coisa que precisar, ir ao banheiro, beber água, o candidato deve levantar a mão e falar com os fiscais. A equipe está lá para ajudá-lo”, completou.

Serviço
Cartão de técnico bancário: www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_nm
Cartão do nível superior: www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_ns

Principais recomendações

> Ter atenção ao horário de Brasília;
> Chegar com uma hora de antecedência;
> Ir ao local de prova antes, para conhecer distância, trajeto e tempo que levará até lá;
> Saber o meio de transporte que leva até o local de prova (quais ônibus pegar, qual estação do metrô descer);
> Conhecer o caminho;
> Levar caneta esferográfica preta, documento de identidade com foto e que conste no edital e comprovante de inscrição;
> Levar água e lanche;
> Vestir trajes adequados e levar casaco;
> Evitar levar qualquer tipo de aparelho eletrônico;
> Não levar relógio.

Provas compostas por 120 questões

Os candidatos dos concursos para técnico bancário (nível médio) e para médico do trabalho e engenheiro (superior) da Caixa Econômica Federal serão avaliados por meio de duas provas. No caso dos técnicos, haverá exame objetivo e redação e, para os graduados, provas objetivas e discursivas. Todas serão realizadas neste domingo, dia 30. Para técnico bancário serão propostas 120 questões, sendo 14 de Língua Portuguesa, 36 de Conhecimentos Básicos (Raciocínio Lógico, Matemática, Atualidades, Ética e Legislação Específica) e 70 de Conhecimentos Específicos (Atendimento e Conhecimentos Bancários). Para a área de Tecnologia da Informação, na parte específica será cobrada a disciplina de Tecnologia da Informação em vez de Atendimento. A redação deverá ter até 30 linhas e valerá 20 pontos.

Já para o superior, haverá 120 questões objetivas, sendo 70 de Conhecimentos Básicos e 50 de Específicos, além de duas discursivas, que cobrará conteúdos específicos. Em seguida, ainda serão realizadas as etapas de avaliação de títulos e exame médico admissional. Os gabaritos serão publicados na terça-feira, dia 1º de abril, e estarão disponíveis em nosso site. Os recursos contra as respostas poderão ser interpostos a partir das 9h de terça, 2, ate as 18h de quarta, 3. O resultado final de ambas as seleções sairá dia 14 de maio. Os selecionados serão contratados sob o regime celetista. Os prazos de validade são de um ano, podendo ser prorrogados por igual período.

Fonte: Folha Dirigida

Confira também: Dica em vídeo de Matemática para o Concurso da Caixa.

Posted in : CEF
Tags:,

Deixe um Comentário