• novembro 12th, 2014
  • Publicado por Redação Concurseiro10

Concurso INSS: Autorização em breve. Estudo deve ser antecipado

extrato-inss

Diante da grande carência de pessoal, o que motivou uma recomendação do próprio Tribunal de Contas da União para a contratação de novos servidores, e diante da preocupação do governo federal em evitar maiores dificuldades no atendimento dos postos do INSS, a expectativa é de que o Ministério do Planejamento agilize a autorização para o concurso de técnico do seguro social que foi solicitado pelo INSS.

Em declaração recente à FOLHA DIRIGIDA, a chefe de divisão de gestão de carreiras do INSS,  Elza Satomi Ito, enfatizou que “estamos esperançosos de que o concurso seja autorizado em breve e penso que os interessados no concurso do INSS devem manter os estudos em dia, pois quando o edital sair, eles precisam estar bem preparados. Não se pode estudar para um concurso dessa envergadura em apenas seis meses.”
Mobilização – Desde que foi anunciado o concurso pelo INSS, há vários meses, houve uma grande mobilização dos candidatos em todo o país. O grande número de aposentadorias previstas (mais de 10 mil) motivou a autarquia a enviar um pedido para um novo concurso ao Ministério do Planejamento para 4.730 vagas, sendo 2 mil para técnico do seguro social, 1.580 de analista do seguro social e 1.150 de perito médico. Esse processo de autorização, em muitos casos, enfrenta um ritual burocrático que pode se arrastar por algum tempo e, no caso do INSS, ainda houve o processo das eleições o que pode ter retardado a autorização.
Apesar disso, milhares de candidatos, em todo o país, se interessaram pelo concurso, motivados pela remuneração (R$4.400 mensais), uma das mais elevadas para cargo de nível médio nos cargos da administração federal. Além disso, há o aspecto da estabilidade e também do significativo número de vagas. Muitos candidatos, inclusive, participam do concurso para concorrer às vagas de outros estados, onde houver maior alocação de vagas, como ocorreu no último concurso. No último concurso, realizado em 2011, foram oferecidas 1.875 vagas mas, durante o prazo de validade, acabaram sendo convocados cerca de 4.200 concursados. Segundo especialistas que atuam na área de preparatórios da carreira pública, o importante para quem deseja tentar uma das vagas é planejar os estudos com antecedência. Nesse sentido, também foi a recomendação da chefe de divisão de gestão de carreiras do INSS, Elza Satomi Ito.

Pedagoga diz que é preciso muita disciplina
Para os candidatos que, pacientemente, aguardam a convocação do concurso para Técnico da Previdência do INSS, a pedagoga Adelaide Matos (especialista na preparação para a carreira pública) enfatiza que “é fundamental disciplina nos estudos e, sobretudo, persistência enquanto o edital não é divulgado”. Ela explica que, muitas vezes, o candidato se entusiasma com as notícias divulgadas e iniciam uma maratona de estudos e, depois, diante da demora na convocação do concurso, acabam desistindo. “Numa comparação simples, era como se um avião iniciasse a decolagem e o piloto desistisse por que o destina é muito distante”, enfatizou.
Com sua larga experiência (atua nessa área há mais de 20 anos), ela observa que ”geralmente, os candidatos mais disciplinados nos estudos e mais perseverantes (não desistem) são aqueles que conseguem os melhores resultados”. E explica: “seria ingenuidade a gente imaginar que poderia participar de uma maratona sem um programa de treinamento intensivo e cuidadoso. Os estudos são a maratona para vencer um concurso”. Na opinião da pedagoga, há muitos fatores que contribuem para o sucesso de um candidato em determinado concurso, mas nenhum fator é mais relevante do que a disciplina na continuidade dos estudos. “Quem desiste, acaba ficando no meio do caminho. E quando sai o edital, dificilmente terá tempo para recuperar o terreno perdido”, destacou.
Segundo Adelaide Matos, se ela pudesse dar um conselho aos candidatos, insistiria para que eles intensificassem os estudos muito antes da divulgação do edital. “Isso faz toda a diferença, pois quem faz essa prática é uma minoria. E quem estiver entre essa minoria, estará em grande vantagem sobre os demais candidatos”. Ela explica ainda que, a exemplo de concursos anteriores, muitas vezes a burocracia é responsável pelo atraso e, nesse caso, “quem usar o tempo a seu favor estará fazendo da burocracia um fator de sucesso para o futuro concurso.”
Fonte: Folha Dirigida – 10/11/14

Estude para o Concurso do INSS com o Concurseiro10 e acelere a sua APROVAÇÂO! Saiba mais:

http://concurseiro10.com.br/curso-inss-tecnico-do-seguro-social.html

box-curso-inss
Posted in : INSS
Tags:, , ,

Deixe um Comentário