• maio 12th, 2015
  • Publicado por Redação Concurseiro10

Concurso INSS: Candidatos devem se manter firme no estudo

Inss - Previdencia

Quem estuda para o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não deve desanimar, após a resposta subjetiva do Ministério do Planejamento ao requerimento de informação (RIC 163/2015) do deputado Chico Alencar (Psol-RJ), que questionava a demora da seleção. A orientação é do especialista em concursos e coordenador pedagógico do curso Academia do Concurso, Paulo Estrella, que aponta o concurseiro como obstinado.

“O pensamento deve ser que se o concurso não for autorizado agora,será no ano que vem. Essa questão de quando autoriza deve ser deixada para o Ministério do Planejamento. Quem sonha com a aprovação deve se garantir nas disciplinas e estudar o melhor possível. A orientação é aproveitar todo esse tempo, a fim de estar pronto para uma seleção tão concorrida, que será a do INSS. Sabemos que o Congresso está de olho na necessidade do instituto, que deputados têm pressionado o Planejamento a dar o aval. O que resta a quem deseja a vaga é fazer a sua parte”, orientou.
O pedido do INSS, conforme o Planejamento relatou na resposta ao requerimento, foi analisado parcialmente no contexto do Orçamento deste ano. No entanto, haverá ainda um contingenciamento orçamentário, já confirmado pela presidente Dilma Rousseff, previsto para este mês. A pasta não informou, porém, quando autorizará o concurso nem quantas vagas serão liberadas. A causa da resposta subjetiva está ligada ao corte de gastos que ainda será anunciado por Dilma, tendo em vista que, somente após o contingenciamento, é que o governo e seus ministérios saberão com quais verbas poderão atuar.
O instituto solicita 4.730 vagas, sendo 2 mil de técnico do seguro social, de nível médio, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina. Os rendimentos iniciais são de R$4.620,91 para técnico, R$7.504,45 para analista e R$10.559,64 para perito. A pressão por parte do Legislativo, citada por Estrella, vem do deputado Chico Alencar, que, após emitir um requerimento ao Planejamento, questionando o concurso, irá elaborar uma petição com a assinatura de outros parlamentares, para pressionar ainda mais a pasta a dar o aval ao INSS.
A preocupação de Chico Alencar está ligada à grande necessidade de pessoal da autarquia. Dados levantados em auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) apontam carência de mais de 5 mil servidores em todo o país. Além disso, mais de 10 mil encontram-se em abono de permanência, ou seja, aptos à aposentadoria. A Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps), que também cobra o concurso, está otimista em relação ao aval, tendo em vista que o ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, negocia o número de vagas com o Ministério do Planejamento.
Fonte: Folha Dirigida
INSSSEMSIMBOLO
Posted in : INSS
Tags:, ,

Deixe um Comentário