• setembro 1st, 2014
  • Publicado por Redação Concurseiro10

Concurso PF: Provas somente a partir da 2ª quinzena de novembro.

polícia federal carro

Uma das grandes dúvidas daqueles que aguardam a publicação do edital do concurso para 600 vagas de agente (nível superior) da Polícia Federal (PF) é o tempo de estudo que terão entre a divulgação do documento que trará o conteúdo programático oficial da seleção e a realização das provas. E de acordo com fonte no órgão ouvida pela FOLHA DIRIGIDA, a não ser que haja uma reviravolta, será observado o intervalo mínimo de 60 dias previsto no Decreto 6.944/09.

Com isso, as provas deverão ser aplicadas somente a partir da segunda quinzena de novembro, tendo em vista que a publicação do edital ainda leverá alguns dias, sendo mais provável que aconteça somente na segunda metade deste mês. 

A dúvida dos futuros candidatos quanto ao tempo para estudo do novo programa se deve ao fato de no último concurso para agente, realizado em 2012, o departamento ter lançado mão da possibilidade de redução do prazo mínimo entre edital e provas, de 60 para 45 dias. Entretanto, a medida depende de autorização do Ministério da Justiça e segundo a fonte consultada não há, até o momento, nenhum processo solicitando tal permissão. E com prazo somente até o dia 26 deste mês para publicar o edital, não deverá haver tempo hábil para solicitação e aprovação da redução do intervalo. 

Outro fator determinante é que, como a PF não conseguiu divulgar o edital de abertura até agosto, não haverá como iniciar o curso de formação profissional, etapa final do concurso, no começo do ano que vem, como era pretendido. Sendo assim, a formação dos novos policiais só deverá ser iniciada em agosto do próximo ano. Isso porque os cursos são iniciados sempre no início de cada semestre, de acordo com a fonte no órgão. Com o cronograma mais folgado, a PF não precisará acelerar as etapas do concurso. A etapa inicial será composta por provas objetivas e discursivas (aplicadas em todas as capitais), avaliações física, médica e psicológica, além de investigação social.

Organizadora – Até a próxima sexta-feira, dia 5, representantes do departamento e da organizadora escolhida deverão se reunir para tratar dos últimos detalhes para a assinatura do contrato para a realização do concurso. Como a FOLHA DIRIGIDA noticiou no último dia 25, a contratação da instituição escolhida foi aprovada pela Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça, com o processo sendo devolvido ao departamento no dia 22 do mês passado para a concretização das negociações. O extrato de dispensa de licitação será divulgado no Diário Oficial da União (DOU) nos próximos dias, tornando público o nome da instituição a ser contratada, que segue sendo mantida em sigilo pela PF.

Os requisitos para o ingresso no cargo de agente são o ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Os concursados são contratados pelo regime estatutário (estabilidade), com remuneração inicial de R$7.887,33, incluindo o auxílio-alimentação, no valor de R$373. Com o reajuste previsto para janeiro do ano que vem, o valor passará para R$9.075,20, também com o auxílio.

Fonte: Folha Dirigida

Quer se tornar um Agente da Polícia Federal? Curso Completo com 50% de desconto! Clique aqui, e veja mais detalhes!

Pacote para Agente da Polícia Federal

Posted in : Polícia Federal
Tags:,

Deixe um Comentário