• janeiro 12th, 2016
  • Publicado por Redação Concurseiro10

Concurso PRF: Órgão aguarda autorização para 1500 vagas

PRF-55263

Podendo perder até 4 mil policiais nos próximos dois anos, em razão de aposentadorias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) tentará ao longo de 2016 obter a autorização do Ministério do Planejamento para realizar um novo concurso para a função, que requer o ensino superior completo (além de carteira de habilitação, na categoria B ou superior) e tem remuneração inicial de R$7.092,91. Para isso, a solicitação feita no ano passado, para 1.500 vagas, deverá ter que ser reapresentada ao ministério, o que precisa acontecer até o fim de maio.

O chefe de gabinete da Direção-Geral e ex-coordenador-geral de Recursos Humanos da PRF, Adriano Furtado, falou recentemente à FOLHA DIRIGIDA e avaliou as condições do departamento adquirir a permissão de que tanto precisa. Ele destacou que as autorizações obtidas pelo órgão têm se dado em cima de resultados alcançados e apontou que o departamento já acumula quatro anos consecutivos de reduções de mortes nas rodovias federais. Furtado afirmou que até o fim 2015 o departamento acumulava uma redução de mais de mil mortes nas estradas, em comparação com o mesmo período de 2014. “Isso sem considerarmos o aumento de frota”, observou. Segundo ele, é com base em dados como esse que a PRF irá negociar a realização do novo concurso.

No pedido encaminhado ao Planejamento, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, deixou claro a importância da seleção para o departamento. Segundo explanou, a nova seleção é a única saída para a crise de efetivo vivida pelo órgão, que coloca em risco a vida de servidores, provoca o fechamento de postos policiais em várias partes do país e ameaça o compromisso assumido pelo Brasil com a meta da Organização das Nações Unidas (ONU) de redução do número de acidentes de trânsito à metade até 2020. O último concurso para policial rodoviário federal foi feito em 2013 pelo Cespe/UnB.

Fonte: Folha Dirigida

banner-prf-2015

Posted in : PRF
Tags:,

Deixe um Comentário